Sobre sentir fome, chorar e gentilezas.

Tem dias que tudo dá errado.

Tudo mesmo.

Você acorda atrasado, perde o ônibus, no trabalho surgem vários problemas e o pior de tudo: não teve tempo pra comer mais nada depois do almoço (a gente aguenta tudo, menos falta de comida!)

Meu dia foi assim.

Depois de um dia difícil voltando pra casa, minha mãe me avisou que não tinha feito janta. Tive aquele mini infarto e pensei comigo: só me faltava isso, vou morrer de inanição hoje.

 

A imagem pode conter: 4 pessoas

No caminho de volta tinha uma padaria, pensei em parar pra comer algo (minha outra opção seria tomar água quente do chuveiro e dormir pra esquecer a fome). Entrei, olhei e nada me agradou (acho que a fome era tanta que eu não estava conseguindo mais pensar).

Resolvi comprar uns frios pra levar pra casa. Fui pra fila dos frios e ela estava enorme, eu fui ficando irritada, porque a fome só aumentava, eu calculava quanto tempo ainda levaria pra chegar em casa pra poder cortar meu pãozinho e comer em paz, e faltava muito pra chegar em casa.

 

Resultado de imagem para fila do fgts

Eis que no ápice da minha fome, no supra-sumo da minha desidratação emocional, chegou a minha vez: BOA NOITE MOÇO, EU QUERO 200 GRAMAS DE PEITO DE PERU, POR FAVOR.

TALVEZ a minha fome estava tão evidente, meu olhar de desespero foi tão marcante que o atendente simplesmente CORTOU UMA FATIA E ME DEU PRA COMER ali mesmo, assim, do nada.

Eu JURO que na hora, eu segurei as lágrimas. Eu estava com MUITA fome e sem ao menos dizer nada, aquele moço foi solidário comigo, ele entendeu o meu olhar.

Aquele gesto (simples, espontâneo e solidário) me fez pensar em Deus dizendo ‘estou aqui sempre’.

Fui pro ponto de ônibus e chorei.

Imagem relacionada

 

Anúncios

Escala Kim Kardashian da vida: Em qual nível você está?

Esses dias entre uma crise ou outra de baixa auto-estima, eu falei pro meu noivo:

“Vou encerrar minha conta nas redes sociais, não dá mais. Só vejo mulheres lindas (como aqueles cabelos ficam impecáveis o dia todo?), com corpos maravilhosos (que a Nsa. Senhora das abdominais me ajude!),  viajando pra lugares que eu sonho ir (Fui pra NY uma vez, e nunca mais superei!), com roupas de marca (que eu só vou comprar se parcelar em 10x!) e ainda ganhando (muito) dinheiro com tudo isso. TODAS SEMPRE MAQUIADAS!!!! (Como conseguem??) E eu tô ficando mal com essas coisas! (o dedo que dá o like chega treme!)”

E ele apenas me perguntou: E porque você segue essas meninas?

Resultado de imagem para wtf face

Comecei a pensar comigo mesma quais eram as razões pelas quais eu acompanhava a vida daquelas mulheres, que não tinham muito a oferecer além de fotos bonitas , demonstração de vidas perfeitas e uns merchans (por vezes, muito dos mal feitos!) gerando lucro em cima do meu like? Do meu sofrimento?

Qual o intuito em querer me torturar deixando elas esfregarem o quão sem graça minha vida começou a parecer perto da delas?

Se for pra ver gente feia e pobre eu já tenho meus amigos, né? (Brinks, amo vocês!)

Bom, vamos a lista que eu consegui criar dos fatores motivacionais:

  • Gosto de moda;
  • Gosto de ver gente bonita;
  • Gosto de viagens;
  • Gosto de maquiagem.

A gente também sonha com um antes e depois desses na vida, né?

 

Resultado de imagem para kim kardashian antes e depois

(Deixar de usar gloss e usar batom matte! Que UPGRADE na vida! )

Anne, vamos lá. Você é mais que isso. Você TEM QUE SER MAIS DO QUE ISSO! – O que mais você gosta?

E pra responder essa pergunta eu tive que pensar, pensar e pensar…

Parece que não existe um algo a mais a ser gostado além disso.

Isso é tudo que a gente quer. Tudo que a gente precisa.

TUDO QUE PODERÁ NOS FAZER FELIZES!!!

O que eu tô tentando dizer é que: não importa se você tem 30, ou se tem 15 anos, esta geração Kardashian tá fazendo um mal desgraçado pra nós, mulheres.

Seríssimo!

A crítica não é o ‘estilo’ de vida que as Kardashians (leia-se ‘qualquer sub-celebridade’ que você goste) tiveram a ‘sorte’ de ter.

O problema está nesta geração que acha que SOMENTE este estilo de vida será capaz de fazer com que nós, mulheres, nos sintamos realizadas, entendem?

Estamos sendo bombardeadas de todos os lados com este tipo de conteúdo,  esta imposição de vida fantástica, de padrão de beleza, de mostrar que podemos ser FAMOSAS (porque isso faz parte da felicidade!) sem ao menos ter algum dom artístico, basta ser bonita e ter uma câmera nas mãos.

Um inferno!

Cadê as mulheres ‘normais’? Cadê gente como a gente? Pelo amor de Deus, me digam que eu posso ser feliz só passando meu rímel, que meus quilinhos a mais e minha barriga não definida, não são um problema. Alguém me diga que eu posso ser feliz sendo anônima. Que eu posso escrever um livro, trabalhar em escritório, ou apenas gostar de contar piada, e que mesmo assim, POSSO SER FELIZ! Posso me sentir realizada!!!

Cadê a Tati Bernardi pra me escrever alguma coisa sensata?

Quantas garotas se moldando e se espelhando em pessoas que não agregam definitivamente em nada? Que não tem sequer, uma história interessante de vida pra contar.

 

Na escala Kim Kardashian da vida eu continuo no level zero. 

Kardashian não lava banheiro no sábado de folga, nem acorda feia e descabelada em uma quarta-feira de manhã. Você já imaginou alguma Kardashian tendo que escolher qual mistura vai por na marmita? Alguém já imaginou Kardashian se questionando qual a diferença de COENTRO E SALSINHA? Alguém já imaginou Kardashian decidindo se compra a blusinha amarela ou se compra o rímel que acabou, porque não tem grana pros dois?

– Não pra todas as respostas!

Então meninas, a nossa vida pode ser incrível mesmo com o cabelo não colaborando pra ir naquele casamento da melhor amiga. Mesmo que você precise lavar o banheiro no dia de folga. Mesmo que você tenha que fazer sua make mal feita sozinha.

A vida é incrível!

Ela pode ser MUITO mais do que roupas, peitos, bundas, maquiagens e fotos!

 

Eu na vida tentando ser Kardashian:

Resultado de imagem para zoeira kim kardashian

Só erros.

Não está sendo fácil.

E você, qual nível está?

escala-kim

 

ps. VIDA NÃO ENTENDA ERRADO, EU CONTINUO QUERENDO SER RICA.

eu SEMPRE tive um blog!

Há alguns anos criei este blog e por mais que eu gostasse muito de escrever (porque sempre foi muito difícil me expressar de alguma forma diferente da escrita), eu não mantive o foco (triste, poderia estar rica hoje, não?? – ok, não!), e olhando meus posts antigos peço desculpas pelos erros e ofensas aqui externados.

Acredito que a vida é feita de fases.

a-vida-e-feita-de-fases

Quando criei este blog ele tinha o nome ‘tô pu crime’, e na verdade ele refletia meu momento daquela época: uma adolescente cansada das desilusões amorosas que decidiu fazer parte do outro lado da história e  PARAR DE SER TROUXA, ou seja, quando eu dei o nome de tô pu crime era o fato deu estar disposta a roubar uns corações, destruir uns sentimentos, matar algumas mágoas, com o perdão desta analogia, o crime a ser cometido estava voltado ao amor.

Nem sei porque estou explicando isso!!! rs

Agora, em uma nova fase mais MADURA da vida, por sentir falta de escrever com mais frequência, voltei pra cá. Novos sentimentos, pensamentos e experiências.

O novo nome ‘eu sempre tive um blog’, é em resposta as pessoas que acham que estou escrevendo novamente já que agora existe todo um mercado ‘blogueirístico’, sabe?

Minha paixão por escrever vem de berço, existe algo que vai além de qualquer outro tipo de interesse, entendem?

E mais uma coisa:

quando-eu-cheguei-na-internet1

Espero que gostem dos novos textos, o bom humor está nas minhas entranhas. Falar sobre qualquer assunto de uma forma totalmente séria é muito difícil pra mim, tentarei.

Agora peço licença, vou começar a assistir Grey’s Anatomy.

beijos!

 

 

 

 

 

about me.

fuck_u_by_france_wance

Esse texto eu postei faz uns meses no fotolog…

Eu sou uma das pessoas mais estranhas que eu conheço. E confesso que não é por mal que eu sou assim. Eu tenho uma carência súbita por pessoas, mas ao mesmo tempo eu simplesmente necessito da solidão. Vai entender.
Eu tenho uma personalidade que, que eu daria um pedaço de todos os meus BIG MAC’s pra alguém conseguir entender e me explicar algumas coisas, que por enquanto ainda são indecifráveis pra mim. Embora ainda assim, com uma ‘personalidade diferenciada’ (ou não, pra alguns), eu mudo de opinião até que com facilidade. Não sei se este conceito se aplica em mudar de opinião, ou se é de personalidade mesmo, tipo uma coisa meio bi-polar. Eu hein.
Eu posso simplesmente falar que eu amo a cor azul, e daqui a minutos, falar que não gosto mais, que eu prefiro a cor preta. Tá, pode não ser um melhor exemplo a ser dado, mais é nesse ‘estilo’ que seguem as alterações. Na verdade, eu mudo de opinião de acordo com o que faz bem pra mim, se neste minuto a cor azul me traz paz, me deixa bem, eu vou dar minha preferência pra ela. Se ela já não me traz mais coisas boas, agora a cor preta que me deixa num estado de espírito fascinante, pode ter certeza, já era o azul. Isso serve para pessoas também.
Não sei se eu tô conseguindo ser clara. Sou boa em exemplos, mas às vezes me perco. (oi?)
Confesso, que com essa mudança de opinião e/ou personalidade, eu me irrito sabe. Por que, se eu não me entendo, se eu não sei o que eu quero, onde eu quero chegar, fica difícil qualquer outra pessoa me ajudar.
Logo, faltam coisas.
O que mais me irrita nisso tudo, é quando se trata de assuntos sentimentais.
Sabe-se lá Deus (ele deve tá de saco cheio dessa conversa), quantas e quantas vezes eu já falei, escrevi, discuti, gritei, pensei, enlouqueci sobre este assunto.
Sério, eu procuro uma explicação a tanto tempo por tudo que acontece (ou não) nesse meu coração.
Como diz minha amiga: Anne você tem um tijolo bahiano ai dentro.
Mas não é isso. Tá vendo, esse é o problema, as pessoas acham que o fato ‘de que eu não demonstre, quer dizer que eu não sinta’.
E eu até sinto, talvez nunca tenha sentido com tanta intensidade, mas nas raras vezes que eu senti, eu não consegui demonstrar, dizer. Talvez por que seja uma coisa nova pra mim, e tudo que é novo dá medo. Só que do outro lado, existe uma outra pessoa, que nem sempre entende e não tenta ao menos, compreender o que se passa.

Resumindo, eu quero que todo mundo vá tomar no cu.

 

Ensaio sobre a pobreza.

 

perolasdoorkut-com-br-2684hh5

perolasdoorkut-com-br-2684hh

A pessoa vai pro Playcenter, já que Disney é coisa dos gringomano, de busão.

Não, o problema não é o busão! Longe de mim criticar algo que é tão útil pro meu dia-a-dia.

Mas ver a cidadã esperar o ônibus do parque pra poder ir no conforto sentadinha, sem passar frio,  por que a gatinha nunca foi até o parque é o lance é ir no brinquedo aquático e se molhar todinha, ficar tão feliz quanto pinto rolando no lixo, deixando o Kolene escorrer no corpinho e exalar aquele cheirinho pra galëre, até chegar ao terminal onde a pirigueti moçoila, irá pegar mais sabe-se Deus quantos ônibus pra poder chegar na sua casa,  aí mina entra no banheiro do bus e começar a bater foto pra colocar no orkut é A TREVAAA!!!!

Não, eu não tava dentro do bus! Como garota esperta que sou, tratei de arrumar uma carona com primo- da- tia-da-amiga- da-vizinha- do- meu primo de terceiro grau, e consegui presenciar tudo isso da janela do carro! Por que a nossa TOP do BUSÃO tava fazendo a seção de fotos com a janela aberta.

Naquele momento a vergonha alheia tomou conta do meu ser.

Se você, pirigueti guria que estava naquela seção de fotos passar por aqui, pelo amor de Deus me passa essas fotos!

tá amarrado 3 vezes!!!!

Meu sonho de consumo.

teamo

Quem me conhece já não aguenta mais, meus amigos então, nem se fala.

Eu sei que esta minha obsessão pelo Edward comeEu Cullen já tá meio que cansando, mas eu não me importo, afinal, quem tá perdendo tempo na vida por um personagem sou eu. entãonãoenxemaismeusaco hihi

Toda vez que eu falo sobre o Edward pra algum amigo, garoto (ou gay, vai saber né?), a primeira pergunta é: ‘O que ele tem demais?’. – Pois bem meus caros leitores, digo a vossas mercês o que ele tem demais e vocês de menos. hihi

Não vou dizer que é seu Volvo prata que nos encanta. Me fala que vantagem eu viria em alguém que tem um Volvo pra poder me levar a qualquer lugar? (tá, ele não precisa disso, ele poderia me levar de outras formas, ele é um vampiro! rs Mas falemos de possibilidades reais, para que possa ser comparado).  É mais legal ir de ônibus, metrô, trem, né?  Sempre adorei transporte coletivo.

Romântico, Meigo, Carinhoso, Engraçado, Divertido, Inteligente, Lindo, Altruísta, Carismático, Gentil, Ciumento, Cavalheiro e várias outras  qualidades que alguns homens não sabem nem o significado.

Tá, tô parecendo a chata da Bella falando. Mas, as mulheres que leram (por que só assistir não dá pra sacar por completo) sabem do que eu falo. O Edward é simplesmente o que toda mulher pediu a Deus, o genro que mamãe quér! Por essas coisas já citadas, por motivos óbvios, por que ele trata a Bella bem, com amor, respeito, carinho.  Ouve o que ela tem a dizer, pensa no bem estar dela, demonstra o quanto ele gosta dela, o quanto ela é importante pra ele. Ele é tão lindo e encantador que pode ter qualquer mulher, ou várias de uma vez, mas ao invés disso ele faz ela se sentir especial, por ter sido a ‘escolhida’ dele e vice-versa.  Ele enfrenta coisas por ela. Ele aguenta ela!!!! O que cá entre nós, não deve ser fácil! HAHAH. Ele não tenta mudá-la, ele gosta dela do jeito que ela é, sem pedir pra que ela mude a ‘chatice’ dela que seja.

E é disso que nós tanto invejamos a moçoila!

Quem não quer um cara assim? Há controvérsias que dizem, que o Edward é o tipo de homem alface: que não opinia, que não decide, que só faz o que ela quér.

Mas eu não penso assim, eu vejo ele como alguém que AMA uma pessoa e faz de tudo pra que essa pessoa seja feliz e fique bem, SEMPRE! Não exitando em fazer o que for preciso pra que isso aconteça!

Se pra ela ser feliz, fosse ela fica com outra pessoa (Jacob), ele deixaria, mesmo que isso doesse profundamente nele, que isso acabasse com a vida dele, ele não iria impedir isso, desde que ela fosse feliz!!!

Quér prova mais linda de amor do que essa?

Portanto, seus machistas filhos de uma puta, aprendam com Edward a como tratar uma mulher e parem de reclamar toda vez que a gente suspirar ao ve-lô!

‘Antes eu esperava meu príncipe encantando no seu cavalo branco, hoje eu espero meu Edward comeEu Cullen no seu Volvo prata. ‘

Edward meu amor, se você ler isso aqui, aparece aqui em casa!!! Vem tocar um Debussy pra gente!!! HAHAHA

Como não se apaixonar por um cara que diz:

“Seu cabelo parece uma palha mas eu gosto.”

“É fácil demais ser eu mesmo quando eu estou com você.”


“Você realmente tem alguma idéia do quanto é importante para mim? Algum conceito do quanto eu te amo?.”

“Será que dá por favor pra você tentar ouvir o que eu estou dizendo? Será que você pode me deixar tentar explicar o quanto você significa pra mim?”

“Devo explicar como é tentadora para mim?”
“Você está ferindo o meu ego, Bella. Eu acabei de te pedir em casamento, e você acha que eu estou fazendo piada”


Eu acho que preciso de tratamento pós Edward.